Cientistas identificam três casos de miastenia, doença neuromuscular, em pacientes com Covid-19


Estudo italiano apontou que pacientes desenvolveram dificuldade para engolir, enfraquecimento das cordas vocais e fadiga muscular, entre outros sintomas. Doenças neurológicas são associadas ao coronavírus desde o início da pandemia. O músculo e suas estruturas
Shutterstock
Um estudo publicado na revista científica Annals of Internal Medicine na segunda-feira (10) associou casos graves da Covid-19 à miastenia grave, doença neuromuscular e autoimune que causa o enfraquecimento dos músculos.
No estudo, cientistas de três universidades da Itália descrevem caso de três pacientes que não tinham doença autoimune ou neurológica, mas que desenvolveram a miastenia grave cerca de uma semana após terem febre alta (por volta de 39º C) por causa da Covid-19.
Miastenia gravis e fibrose cística: entenda essas duas doenças raras
Carla Prata, musa da Dragões, chora antes de entrar na avenida: ‘Enredo tem a ver com minha doença rara’
Foram os casos e os sintomas desenvolvidos:
Paciente 1: homem de 64 anos que, após 4 dias de febre, apresentou diplopia (popularmente conhecida como visão dupla) e fadiga muscular. “A estimulação repetitiva do nervo facial diminuiu 57%”, descreveram os cientistas
Paciente 2: homem de 68 anos que apresentou fadiga muscular e disfagia (dificuldade de engolir) após 7 dias de febre
Paciente 3: mulher de 71 anos que desenvolveu hipofonia (enfraquecimento das cordas vocais) e disfagia depois de 6 dias de febre
A miastenia grave ocorreu nos pacientes, de acordo com o artigo, após o vírus induzir o corpo a atacar o cérebro, acionando o sistema imunológico para produzir anticorpos que, erroneamente, tiveram como alvo os tecidos ou órgãos da própria pessoa.
Coronavírus: como a Covid-19 danifica o cérebro
Sintomas da Covid-19: veja o que estudos recentes descobriram sobre efeitos do novo coronavírus no corpo
Os cientistas italianos lembram que problemas neurológicos como tremores, convulsões e comprometimento da consciência são associados ao coronavírus desde o início da pandemia.
Miastenia gravis provoca grande fraqueza muscular
Pacientes recuperados da Covid-19 ficaram com sequelas da doença
Sintomas da Covi-19
Vale ressaltar que os principais sintomas causados pelo coronavírus, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), são:
Febre
Tosse seca
Cansaço
Entre os sintomas menos recorrentes, aparecem:
Dor de garganta
Diarreia
Conjuntivite
Dor de cabeça
Perda de paladar ou olfato
Erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés
Já os sintomas graves (com necessidade de atendimento médico imediato), são:
Dificuldade em respirar ou falta de ar
Dor ou pressão no peito
Perda de fala ou movimento
Coronavírus: como são a febre, a tosse e a falta de ar
Initial plugin text