Cinco pessoas ficam feridas durante tiroteio em UPA de Cuiabá

Cinco pessoas ficaram feridas durante um tiroteio em UPA de Cuiabá. Os bandidos tentavam resgatar um preso que foi levado para a unidade após passar mal no Centro de Ressocialização da capital mato-grossense.

O tiroteio aconteceu na tarde desta terça-feira (13) e atingiu um bebê de 6 meses com duas balas, sendo uma nas costas e outra em uma das mãos. A mãe da criança também foi baleada no braço esquerdo.

Uma outra mulher teve ferimento por bala no tórax e uma enfermeira foi atingida na perna. De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos do Mato Grosso, um dos agentes penitenciários que fazia a escolta do detento também foi baleado durante o confronto com os bandidos.

A Secretária Maria José Garcia Joaquim suspendeu os atendimentos na unidade e mandou os funcionários para casa por estarem abalados.

Ainda segundo o órgão de Justiça daquele Estado, o detento José Edmilson Bezerra Filho, de 30 anos, que recebia atendimento na unidade, não foi resgatado. Ele responde a vários processos judiciais, entre eles, homicídio. A escolta que fazia a segurança do preso foi reforçada até a conclusão do atendimento médico do preso.

*Informações da repórter Neila Carvalho