Home office faz aumentar em 145% movimento nos restaurantes de bairros e cair consumo em centros comerciais de Cuiabá


Houve alta no consumo entre os principais restaurantes de bairros residenciais de Cuiabá. Mônica tem um restaurante de comida típica alemã, em Curitiba
Arquivo pessoal
Como muitos trabalhadores estão em home office por causa da pandemia da Covid-19, houvesse uma migração do consumo de refeições antes realizadas nos grandes centros empresariais para estabelecimentos próximos às residências, segundo dados divulgados pela Sodexo Benefícios e Incentivos.
A pesquisa mostra que, entre abril e junho, houve, em média, uma alta de 145,25% no consumo entre os principais restaurantes de bairros residenciais de Cuiabá credenciados na rede de vale-alimentação. Já nos de bairros comerciais, houve, em média, uma queda de 53% no consumo.
Atende aproximadamente 103 mil clientes, que representam 5,9 milhões de usuários, com uma rede de 505 mil estabelecimentos credenciados em todo o país.
Dados do IBGE mostram que, de 14 a 20 de junho, 9 milhões de brasileiros trabalharam remotamente.
Um levantamento divulgado no mês passado pelo IBGE mostra que quatro entre cada dez empresas que paralisaram as atividades na primeira quinzena de junho o fizeram por causa da pandemia do novo coronavírus.
Ao todo, cerca de 1,3 milhão de empresas no país estavam com atividades encerradas temporária ou definitivamente na primeira quinzena de junho. Destas, 522,7 mil (39,4%) apontaram como causa as restrições impostas pela pandemia.